Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Estudos e Pesquisas

Americanas.com

Novidades sobre indicadores culturais 2007-2012: IBGE

Imagem
Publicação IBGE sobre Indicadores Culturais IBGE divulga dados sobre indicadores culturais Economia: Brasileiros gastam mais com telefonia e eletrodoméstico Estados gastam mais com cultura que governo federal e municípios Número de trabalhadores do setor cultural cai 12,6% entre 2007 e 2012

Ei, psiu!!!

Imagem
Estamos fazendo uma pesquisa com nossos companheiros de monitoramento diário.  Você que recebe as notícias selecionadas pelo BINÓCULO CULTURAL poderá nos ajudar muito respondendo nosso pequeno questionário.  Agradecemos aos que já enviaram respostas, esses dados serão essenciais para implementação de melhorias em nossos sistemas e para a contratação de colaboradores.  Caso não tenha respondido ainda, acesse o site .

Software mostra como e-mail marketing chega ao cliente

Imagem
Teste de Renderização de Mensagem desenvolvido pela Akna possibilita correção de erros e melhor planejamento. A Akna, especialista no desenvolvimento de softwares inteligentes para marketing digital, criou o Teste de Renderização de Mensagem. O design de HTML para e-mail marketing ainda é um desafio para grande parte dos profissionais do ramo e a multiplicidade de leitores e dispositivos tornou mais difícil para as empresas saberem como os clientes recebem os seus e-mails. O software da Akna permite uma pré-visualização das mensagens. A solução se comunica em tempo real com os principais provedores de e-mail e consegue mostrar exatamente como chegarão à caixa de entrada dos destinatários, considerando as diferenças no código, os filtros anti-spam e o bloqueio de imagens. Dados divulgados em fevereiro pela Return Path indicam que as campanhas de e-mail marketing no Brasil apresentaram um crescimento na taxa de entregabilidade, mas houve queda nas taxas de leitura das mensagens

Pesquisa FIPE de Produção e Vendas do Mercado Editorial Brasileiro prorroga o prazo para envio das respostas

A pesquisa Produção e Vendas do Mercado Editorial Brasileira é realizada anualmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE/USP) sob encomenda do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e da Câmara Brasileira do Livro (CBL), neste ano com a coordenação de Leonardo Müller. Neste ano foi alterado o questionário de coleta de informações. Observando dados das edições anteriores, foi percebido que muitas editoras não produzem apenas em seu subsetor predominante (há editoras Didáticas que produzem CTP, Religiosas que produzem Obras Gerais, e assim por diante). Para lidar com essa questão, o questionário deste ano abrangerá produção e vendas em mais de um subsetor. Aquelas que produzem em apenas um subsetor responderão apenas a linha correspondente. O questionário ficará disponível no  link da pesquisa  e pode ser respondido por etapas até 19/4. Os resultados serão divulgados aos associados de ambas as instituições idealizadoras. Mais informações com Mariana Bueno pelo

SEI LANÇA REVISTA BAHIA ANÁLISE & DADOS SOBRE ECONOMIA CRIATIVA

Na próxima quarta-feira (3), a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria do Planejamento (Seplan), lança a mais nova edição da revista Bahia Análise & Dados, com o tema Economia Criativa. O evento será realizado no Teatro Sesi, no Rio Vermelho, a partir das 18h, com a participação da secretária nacional de Economia Criativa, Cláudia Leitão. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail  eventoscodin@gmail.com . A Bahia Análise & Dados Economia Criativa traz nove artigos, abordando temáticas como ‘O Programa Cultura Viva e a Economia Criativa’ e ‘Música e economia criativa na Bahia Contemporânea’. O conceito de economia criativa engloba a criação, produção e distribuição de bens e serviços que usam o conhecimento, a criatividade e o ativo intelectual como recursos produtivos. Após o lançamento, a revista estará disponível na Biblioteca Rômulo Almeida (SEI) e para consulta e download no site da instituição:  www.sei.ba.gov.br . A

Ribeirão Preto: Pesquisadores da FEA-RP/USP investem em empreendedorismo cultural

Em parceria com Conservatório Contraponto, de Ribeirão Preto, grupo irá criar uma modelo de gestão para o segmento que poderá dar origem a um curso ou disciplina na USP O InGTec, núcleo de pesquisas em gestão tecnológica, inovação e competitividade da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP, deu início a um projeto de gestão de eventos culturais com o objetivo de divulgar, desenvolver e organizar iniciativas e empreendimentos na área de música. Liderado pela coordenadora do InGTec e professora do Departamento de Administração da FEA-RP, Geciane Porto, o projeto será desenvolvido em parceria com o Conservatório Contraponto, de Ribeirão Preto. “A ideia é que possamos compartilhar conhecimento na área de gestão de projetos e trazer a discussão sobre empreendedorismo cultural para ser compartilhada com os alunos do campus e com a comunidade”, afirma Geciane. O primeiro passo do projeto será a elaboração de um modelo de gestão para

MIS: II Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia | Convocatória

Em parceria com o Estúdio Madalena, o MIS apresenta o II Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia. Durante três dias, entre 6 e 8 de junho, pensadores da fotografia nacional e internacional se reunirão para colocar em questão a reflexão sobre a criação, visando estreitar os distintos campos de atuação do fazer fotográfico e promover cada vez mais o entendimento sobre a fotografia, inserida a debates de conteúdo informativo e reflexivo. A programação desta segunda edição será composta por sessões de discussão, entrevistas e relatos autorais. Além de dois workshops e seis apresentações de artigos inscritos por meio de convocatória. A convocatória tem o objetivo de selecionar textos analíticos e artigos que contemplem a discussão e o pensamento sobre o processo de criação na fotografia e suas diversas abordagens. Os selecionados irão apresentar seus artigos durante o II Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia. Formulário de inscrição: Clique  aqui  para acessar a versão em portug

Prêmio Palmares 2012: Conheça os vencedores do II Concurso de Pesquisa sobre Cultura Afro-brasileira

Foi publicado no Diário Oficial da União da última sexta-feira (15), o resultado final do II Concurso Nacional de Pesquisa sobre Cultura Afro-Brasileira – Prêmio Palmares 2012. A comissão julgadora se reuniu em 7 de março para avaliar o resultado final de 120 trabalhos selecionados. O objetivo do concurso é premiar trabalhos de monografias de conclusão de graduação, dissertações de mestrado e teses de doutorado que versem sobre a Cultura Afro-Brasileira, Comunidades Tradicionais ou Cultura Afro-Latina. Em sua segunda edição, a premiação organizada pelo Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra (CNIRC) da Fundação Cultural Palmares selecionou os melhores trabalhos, somando 13 premiações. Nas categorias monografias e dissertações, a premiação será em dinheiro, no valor individual de R$ 4 mil para monografias e R$ 8 mil para dissertações. Na categoria tese, os três trabalhos vencedores terão sua pesquisa publicada na íntegra. Religiões de matriz africana, ensino

Pesquisa de Produção e Vendas do Mercado Editorial Brasileiro

Imagem
É chegada a hora de conhecermos o desempenho do setor editorial ano base 2012. Para tanto, sua colaboração é imprescindível. A pesquisa Produção e Vendas do Mercado Editorial Brasileiro é realizada anualmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE/USP) sob encomenda do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e da Câmara Brasileira do Livro (CBL), neste ano com a coordenação de Leonardo Müller. Neste ano, a coordenação na FIPE ficará a cargo Leonardo Müller. A principal alteração do questionário com relação aos anos anteriores é de ordem metodológica. Observando dados das outras edições, foi percebido que muitas editoras não produzem apenas em seu sub-setor predominante (há editoras Didáticas que produzem CTP, Religiosas que produzem Obras Gerais, e assim por diante). Para lidar com essa questão, o novo questionário abrangerá produção e vendas em mais de um sub-setor. Aquelas editoras que produzem em apenas um responderão apenas à linha correspondente.

I Encontro Mineiro de Pesquisadores da Cultura

Data de Publicação:  12.03.2013 Autor:  marcelo.davila Nos meses de abril e maio, haverá a realização do I Encontro Mineiro de Pesquisadores da Cultura (I EMPC). O objetivo do Encontro é se constituir como um espaço de reflexão e compartilhamento de pesquisas sobre as diversas faces e dimensões da cultura, realizadas em Minas Gerais. Pretende-se, também, fortalecer o campo de pesquisa em cultura por meio da integração da produção de conhecimentos produzidos nos espaços e processos acadêmicos e não acadêmicos. Importante ressaltar: acadêmicos e não acadêmicos. O primeiro Encontro de Pesquisadores da Cultura foi realizado em São Paulo, em janeiro de 2012 e deu origem a uma demanda por outros encontros regionais e estaduais, que agrupassem geograficamente profissionais que se dedicam à pesquisa cultural. Com isto, em agosto de 2012 foi realizado o Encontro Fluminense e Capixaba de Pesquisadores da Cultura. Outro evento confirmado é o I Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultu

Por que fazer turismo no Brasil pode ser bom (ou bem ruim)

De Amanda Previdelli, Exame.com Apesar de ser o 1º em ranking mundial de turismo quando se trata de belezas naturais, o Brasil ficou apenas com a 51ª colocação geral. Preços e infraestrutura ainda são ruins Lei a matéria na íntegra . Ranking Colocação do Brasil entre 140 países Recursos naturais 1º Competitividade em viagem e turismo nas Américas 7º Recursos humanos, culturais e naturais para viagem e turismo 12º Recursos culturais 23º Sustentabilidade ambiental 30º Infraestrutura aeroportuária 48º Competitividade em viagem e turismo (Geral) 51 º Infraestrutura de turismo 60º Recursos humanos 62º Saúde e higiene 70º Segurança 73º Ambiente de negócios e infraestrutura 76º Burocracia e regulamentação para viagem e turismo 82º Priorização de viagem e turismo 102º Regulamentos 119º Competitividade de preços na indústria de viagem e turismo 126º Infraestrutura terrestre 129º Fonte: Exame

BA: Credenciamento na área de estudos e pesquisas

Imagem
Dentre o conjunto de ações que o Sebrae vem realizando visando ao alcance dos seus objetivos estatutários e ao cumprimento de sua missão de “promover a competividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e fomentar o empreendedorismo”, grande ênfase tem sido dada à avaliação e monitoramento de projetos, de modo a permitir a efetividade de suas ações junto aos clientes, em especial, as empresas, empresários potenciais e candidatos a empresários. Com isso, fez-se necessário realizar o credenciamento de instituições visando a promoção de estudos e pesquisas voltadas ao conhecimento sobre os clientes, sobre o Ambiente dos clientes e sobre o Negócio do Sebrae. As instituições interessadas em participar do processo devem pleitear cadastramento através de edital público, cujas inscrições ficam abertas de 17 de fevereiro de 2013 a 19 de Março de 2013. Para isso, basta às entidades seguirem as etapas previstas no instrumento e postarem a documentação conforme

Captação de Recursos: Coletânea de instituições nacionais e internacionais

Imagem
Fonte: Slide Share

90% aprovados, mas só 17% a captar. O resultado da Lei Estadual de Cultura em números

Imagem
No último mês, a Secretaria de Cultura de Minas Gerais lançou o  resultado do Edital 01/2012 da Lei Estadual de Incentivo à Cultura . Nos debruçamos sobre ele e apresentaremos a seguir uma série de apontamentos, com diversos números, críticas e reflexões sobre um dos principais mecanismos de financiamento da produção cultural do Estado. O primeiro aspecto refere-se a forma de apresentação dos resultados. A lista dos projetos aprovados é apresentada em formato PDF com o mínimo de informações necessárias para identificação do projeto: número de protocolo, nome do projeto, nome do empreendedor e valor aprovado. Não há informações básicas como o objetivo da ação cultural ou contato do proponente, o que poderia facilitar o exercício do controle social sobre os projetos e até mesmo a busca ativa de projetos por potenciais patrocinadores. A análise atual só foi possível após dias de trabalho braçal de tabulação, gerando uma planilha mais amigável à elaboração de filtros e agrupamento dos

Oportunidades de aperfeiçoamento na Lei Estadual de Cultura / MG

Imagem
No final de 2012, a  Secretaria de Cultura de Minas Gerais anunciou, dentre outras alterações na Lei Estadual de Incentivo à Cultura, a intenção de reduzir a contrapartida obrigatória das empresas dos atuais 20% para percentuais entre 1 e 5%. A princípio, o principal motivo da mudança é a atração de novos investidores para a Lei de Incentivo, que antes não a utilizavam devido a necessidade de aportar recursos próprios na contrapartida. Acreditamos, no entanto, que mais do que ampliar a quantidade de empresas utilizando o mecanismo, é preciso diminuir a concentração do investimento e tornar mais relevante o investimento de empresas que hoje pouco representam no montante investido. Observamos uma grande concentração do investimento em poucas e grandes empresas. Em 2011, seis empresas (Vivo, Usiminas, Oi, Ambev, ArcelorMittal e V&M) foram responsáveis por 51,22% do investimento realizado. O grupo de grandes investidores, responsável por 73% do investimento é formado por apen

Economia Criativa: Empresas Criativas

O Brasil costuma ser bem reconhecido no mundo pela criatividade dos seus artistas na música, no cinema e na pintura. Apesar disso, ironicamente o país é classificado como baixa intensidade criativa quando se fala em inovação nessa indústria que envolve conhecimento, pesquisa e inovação. Estudos recentes do IPEA e da Unesco mostram que o Brasil precisa melhorar os negócios que envolvem a chamada Economia Criativa, setor que reúne a produção de livros, música, cinema, softwares e outras artes e espetáculos. O Ponto de Vista recebe a pesquisadora Júlia Zardo para conversar sobre os fundos de investimento e incubadoras para empresas iniciantes. Ela faz doutorado sobre o tema e coordena o Centro de Cultura Empreenderoa da PUC do Rio de Janeiro. Júlia conta que já há mais de 400 incubadoras no Brasil e que a novidade é o surgimento das aceleradoras de negócio, mostra de que o mercado está amadurecendo. Vídeo da entrevista direto no site:  http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/

Estudo analisa Lei Estadual de Incentivo à Cultura de MG

Imagem
INCENTIVO FISCAL À CULTURA: LIMITES E POTENCIALIDADES  "O projeto Limites e Potencialidades da renúncia fiscal como instrumento de incentivo à cultura: o caso da Lei 12 733 tem por objetivo apontar e analisar os principais aspectos que condicionam a captação de recursos para a viabilização de projetos culturais por intermédio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Para a realização desse objetivo foram desenvolvidas ações de pesquisa em duas frentes: (1ª) análise de empreendedores e projetos culturais selecionados e (2ª) pesquisa com as empresas patrocinadoras de projetos culturais no estado de Minas Gerais. Essa publicação traz uma síntese dos principais resultados das pesquisas realizadas, cujos dados e análises mais ampliadas estão disponíveis nos Cadernos do CEHC 10 e 11." Fonte: FJP - Fundação João Pinheiro acessível via Google.

Download: usuários que baixam música de graça compram 30% mais

Estudo publicado pela universidade de Columbia, nos Estados Unidos, aponta que os usuários de internet que costumam compartilhar arquivos na rede compram 30% mais arquivos de música digital do que os não praticantes do que muitos chamam de "pirataria virtual". O estudo, realizado nos Estados Unidos e na Alemanha, também constatou que os usuários de internet costumam ver negativamente a imposição do copyright, em práticas como controle de banda ou suspensão da internet e processos penais e multas contra quem divide arquivos. Estudos já publicados no passado, aponta o site  Torrent Freak , indicavam que usuários que compartilham arquivos são inclusive mais propensos a comprar CDs do que quem não compartilha. De acordo com o site  Arstechnica , no entanto, o estudo pode indicar apenas que os fãs de músicas são mais atraídos ao compartilhamento na internet, o que não significaria que os "piratas" colaboram mais com a indústria musical. Fonte: Terra Notícias

Trabalho premiado no Edital de Apoio a Estudos e Pesquisas em Economia Criativa

“Moda no terceiro milênio: novos valores e novas práticas” acesse pelo OBEC (Observatório de Economia Criativa): http://www.cultura.gov.br/economiacriativa/moda-no-terceiro-milenio-novos-valores-e-novas-praticas/ Fonte: Minc/OBEC

Prêmio Economia Criativa: contemplados começam a receber o valor do prêmio em suas contas bancárias

Data de Publicação:  19.12.2012 Autor:  marcelo.davila O Ministério da Cultura (MinC) começou a efetuar os primeiros pagamentos aos contemplados pelo  Edital de Apoio a Estudos e Pesquisas em Economia Criativa . O resultado foi homologado no Diário Oficial da União (DOU) em outubro deste ano. Os pagamentos devem ser depositados em contas bancárias até 28 de dezembro. Leia mais . Fonte:  http://www.cultura.gov.br/economiacriativa/premio-economia-criativa-contemplados-comecam-a-receber-o-valor-do-premio-em-suas-contas-bancarias/

Ganhe uma hora de curso aqui!

Ganhe uma hora de curso aqui!
Assista ao vídeo e saiba mais!

Matricule-se agora!

Matricule-se agora!
Tutoria particular, 90 reais por mês!

InfoMoney

Folha de S.Paulo - Ilustrada - Principal