Turismo Gastronômico é tema de projetos do Senac-MG

Senac Minas Gerais trabalha algumas iniciativas para promover o Turismo Gastronômico mineiro em níveis estadual, nacional e internacional. Roteiros, um projeto e a criação do Dia da Gastronomia Mineira são algumas dessas ações, diz o gestor de Gastronomia da instituição, Edson Wander Puiati, ao Portal PANROTAS. Ele é autor de um dos artigos do número dez da revista Turismo em Pauta, da CNC, lançada hoje em São Paulo.

“Temos um potencial incrível para isso e precisamos criar roteiros específicos para esse turista, nacional ou estrangeiro, que aprecia a gastronomia e toda a cultura por trás dos pratos”, diz Puiati. “Além disso, valorizamos o pequeno produtor e aquelas receitas verdadeiramente tradicionais, com ingredientes típicos de cada região”, enfatiza o gestor de Gastronomia do Senac-MG.

Nesse sentido, Puiati conta que o Senac-MG e o governo mineiro estão juntos no projeto Gastronomia Mineira – Patrimônio do Mundo. “E também esperamos o apoio do governador Antônio Anastasia e dos deputados estaduais para que a Assembleia Legislativa aprove a criação do Dia da Gastronomia Mineira para o dia 5 de julho”, explica ele.

Por que o dia 5 de julho para a data? Porque é o dia de nascimento do professor, jornalista e escritor mineiro Eduardo Frieiro (1889-1982), autor do icônico e saboroso livro sobre a comida das Minas Gerais,Feijão, Angu e Couve (Edusp/Itatiaia).

E já que o assunto é gastronomia, pertinho do Senac-MG, em Belo Horizonte, fica uma das casas mais tradicionais da cidade: o Café Palhares, fundado em 1938.

Lá é servido o famoso prato Kaol – arroz, farofa de feijão, couve, torresmo, ovo frito e um tipo de carne (pode ser linguiça, carne assada, pernil, língua etc) coberto com molho de tomate. Fica na rua Tupinambás, 638, tel.  (31) 3201-1841.

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *