Festival em Tiradentes atrai turistas de várias regiões do mundo

A cidade de Tiradentes, na Região Central de Minas Gerais, fervilha com a 15ª edição do Festival Cultura e Gastronomia. De acordo com a organização do evento, 37 mil pessoas são esperadas e houve quem atravessou o continente para conhecer as delícias produzidas e apresentadas no evento. A cuidadora de idosos Danielle Zucco, de 31 anos, mora em Andorra, um pequeno país europeu localizado próximo à Espanha e à França. De férias em Minas Gerais, Danielle recebeu o convite da amiga para ir a Tiradentes.

“Vim para conhecer o evento e, conforme for, quero participar de alguma atividade”. Ela disse que gosta tanto das receitas doces quanto das salgadas e, se for possível, participaria de um dos festins. “Acabamos de chegar. Vamos nos inteirar sobre o que tem para ver se vamos a algum”. Ela vai embora no domingo (26).

A amiga que fez o convite, a consultora de crédito Gleice Gomes, de 25 anos, mora em Bambuí, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, e disse ser uma admiradora da gastronomia. “Fiquei sabendo do festival pela televisão e pela internet”. Gleice contou que adora pratos salgados e destacou a lasanha como a receita predileta.

Mas há quem veja no festival uma oportunidade de ganhar dinheiro e divulgar produtos. É o caso da cozinheira e pesquisadora em cozinha brasileira Tanea Romão. Ela veio de Gonçalves, no Sul de Minas, para promover as geleias que produz.

Em 12 anos de trabalho, Tanea desenvolveu mais de 4 mil sabores e, atualmente, comercializa 70 tipos do doce. Os mais diferentes, segundo ela mesma, são os de cupuaçu com pimenta, chocolate com cachaça, maracujá, pitanga, uvaia, araçá e juçara. “Da pitanga até a juçara são sabores que desenvolvi a partir de frutos do Sudeste do Brasil, da Mata Atlântica que estão em extinção e que estão sendo replantadas em Paraibuna [interior de São Paulo]”, explicou.

Tanea considera o evento em Tiradentes o mais importante festival de gastronomia do Brasil e vê a feira de pequenos produtores, da qual participa, uma oportunidade para alavancar os negócios. “O festival tem uma grande importância de mostrar ingredientes de outros estados e de mostrar a força da nossa cozinha. Vem gente de todo o país e do mundo. Esse intercâmbio e a troca de informações são o que há de mais rico”, destacou.

Diferentemente de Tanea, que veio a trabalho, o aposentado Odair Pimentel, de 63 anos, e a mulher, a dona de casa Sílvia Cristina Pimentel, de 58 anos, saíram de Espírito Santo do Pinhal (SP) e percorreram 400 quilômetros com o intuito de se divertir. Eles estão em Tiradentes para participar pela quarta vez do festival.

“Aqui a gente curte o clima, o artesanato, a arquitetura e a gastronomia”. Sílvia destacou o sabor do frango com ora-pro-nóbis e Pimentel o filé com castanhas de araucária. Eles chegaram à cidade na sexta-feira (24) e vão embora no domingo (26).

Para mais informações sobre a 15ª edição do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes acesse o site oficial do evento.

Fonte: http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2012/08/festival-em-tiradentes-atrai-turistas-de-varias-regioes-do-mundo.html

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *