Música Minas amplia oportunidades da cultura Mineira


Edital de Intercâmbio fortalece conexões com artistas e produtores de outros Estados

A curadoria do Edital de Intercâmbio do Programa Música Minas aprovou oito propostas, entre as treze inscritas. As análises foram finalizadas no dia 18 de setembro. O apoio do Programa viabilizará viagens de músicos mineiros para países como Estados Unidos, França, Itália e Argentina. O resultado contempla recortes distintos como a música instrumental e o rock, incluindo ainda a música destinada ao público infantil, a exemplo do Grupo Serelepe, cujo trabalho alcançou reconhecimento internacional.

Além das solicitações de passagens aéreas para shows e participações em seminários e cursos, realizados no Brasil e no exterior, o Edital de Intercâmbio recebeu propostas como a de Nara Torres Vargas para trazer a Belo Horizonte a Abayomy Afrobeat Orquestra (RJ), a primeira orquestra de Afrobeat do Brasil.

Lucas Mortimer, responsável pelo Edital, explica que está prevista uma parcela de recursos para viabilizar a participação de agentes culturais de outros Estados em eventos realizados em Minas Gerais. Já Renato Motha, um dos contemplados, vai trazer o renomado produtor japonês Yoshihiro Narita, criador e idealizador do Sense of "Quiet" festival, que terá edição mineira realizado em Belo Horizonte, no dia 18 de outubro no Teatro Sesiminas.

Ele explica que o sense of "Quiet" , festival internacional de música, foi criado e apresentado em maio deste ano no Japão, com a finalidade de levar ao público de vários países uma música “pacificadora e requintada”, em que os artistas se reúnem para celebrar a vida, utilizando a música como linguagem universal para integrar pessoas e culturas.
“O nosso estado entrará na rota do sense of “Quiet” festival, com o sense of “Quiet” Minas, contando com um dos mais representativos grupos de artistas de Minas Gerais: Bob Tostes, Sérgio Pererê, Regina Souza, Leopoldina, Rafael Martini, Leonora Weissmann, Renato Motha e Patricia Lobato, estreitando assim, os laços entre os artistas de Minas Gerais e o mercado musical japonês”, conclui. Confira aqui as propostas contempladas pelo Edital de Intercâmbio – Curadoria de Setembro. O edital de Intercâmbio do Programa Música Minas é aberto aos profissionais da música com residência comprovada em Minas Gerais. As instruções encontram-se disponíveis no site www.musicaminas.com.

Propostas contempladas:
· Apresentações musicais
Grupo Serelepe (Cristiane da Silveira Lima) – Belo Horizonte
Formado por Reginaldo Santos, Cris Lima e Eugenio Tadeu, o Grupo Serelepe vem se dedicando à música infantil desde 2005, em diferentes frentes de atuação. Os trabalhos foram iniciados em torno do programa de rádio Serelepe – uma pitada de música infantil, na Rádio UFMG Educativa 104,5 FM. Mais tarde, o grupo passou a se dedicar também a oficinas de brincadeiras populares, tendo sempre a música como fio condutor.

Ao longo dos anos de atuação, o Grupo Serelepe vêm se destacando em diversos eventos dedicados à canção infantil.
Proposta: O grupo Serelepe, dedicado ao público infantil, fará 3 apresentações com seu espetáculo “Locotoco” na cidade de Santa Fé, Argentina, acontecerá entre os dias 24 e 28 de outubro de 2012, no Festival “Sonamos Latinoamérica”. O grupo integrará a programação da secção “Sonamos para los Chicos” e se apresentará para crianças das escolas da cidade e arredores, e também para o público em geral. Na oportunidade, o Serelepe dividirá palco com grupos musicais de diferentes países da América Latina.
Apoio: 4 passagens aéreas ida e volta

Felipe Continentino Grupo – Belo Horizonte
Felipe Continentino é estudante de Música Popular na UFMG. Lançou seu primeiro disco solo em 2012 no Savassi Festival. Já trabalhou com grandes nomes da música: Toninho Horta, Danilo Caymmi, Roberto Menescal, Sarah Harmer, Jane Duboc, Leo Gandelman, Fábio Torres, Márcio Hallack, Juarez Moreira, Cliff Korman, Lupa Santiago, Affonsinho, Chico Amaral, Célio Balona, entre outros. Felipe ganhou o prêmio jovem instrumentista BDMG 2010 e representou a UFMG em São Paulo, tocando no encontro internacional de jazz 2011 (International Association of Schools of Jazz) liderado pelo renomado saxofonista David Liebman.

Proposta: Será apresentado o material discográfico recentemente lançado “Felipe Continentino” pelo FELIPE CONTINENTINO GRUPO, no marco do Festival Cervantino da Argentina “Encuentro de culturas”, em Azul, Província de Buenos Aires, Argentina. O show será apresentado como evento principal no Teatro Español. Alem das apresentações serão feitas apresentações de caráter informal em casas de musica ao vivo de a cidade autônoma de Buenos Aires e La Plata. Serão organizadas palestras-workshop do grupo sobre questões compositivas e de improvisação musical. Apoio: 5 passagens aéreas ida e volta

7 Estrelo -Belo Horizonte
Duo de música eletrônica contemporânea, formado em 2007 por André Lanari e Bruno Tonelli. O projeto surgiu através de pesquisas e experimentações de diversos gêneros musicais e têm conquistado espaço em importantes eventos e festivais ao redor do mundo.
Proposta: Apresentação de showcase na CMJ Music Marathon 2012, entre os dias 16 e 20 de outubro, em Nova Iorque, Estados Unidos. Além de transmitir sua mensagem em cima de um palco, o 7 Estrelo pretende estender sua participação no evento para além dos holofotes, se movimentando entre as conferências, conhecendo o trabalho de outros artistas, angariando contatos, ou seja, participando efetivamente e absorvendo ao máximo tudo o que a CMJ oferece. Apoio: 2 passagens aéreas ida e volta

Nara Torres Vargas - Belo Horizonte
Proposta: Será realizada uma festa em homenagem ao criador do afrobeat, Fela Kuti, envolvendo bandas, DJs, dançarinos e apreciadores da cultura africana. O FELA DAY acontece em várias cidades ao redor de todo o mundo, durante o mês de outubro. A proposta consiste em trazer a primeira orquestra de afrobeat do Brasil, a Abayomy Afrobeat Orquestra, que reside e trabalha no Rio de Janeiro, para tocar em Belo Horizonte durante este evento, que será também o evento de lançamento do primeiro disco da banda.
Apoio: 14 passagens aéreas ida e volta
Sobre a entidade realizadora do evento:
A Casinha é um associação cultural belo horizontina, que foi criada no ano de 2003. Desde então, se tornou um importante ponto de encontro para troca e gestação de idéias, ajudando a fomentar a nova cena artística da cidade. Serviu de palco para ensaios e apresentações de bandas, surgimento de blocos de carnaval, apresentações de peças de teatro, exibições de filmes, oficinas de percussão, treinos de capoeira angola e exposições. Tudo isso continua se misturando por lá. Ali, na salar de estar.

CENTO E QUATRO

Sede do Instituto Antônio Mourão Guimarães – IAMG, o CentoeQuatro defende a arte e a educação como ferramentas para o desenvolvimento social. O espaço está instalado num prédio tombado que integra o Conjunto Arquitetônico da Praça da Estação, área priorizada pelo projeto de revitalização do centro da cidade. Por sua localização privilegiada, se apresenta como ponto de convergência cultural no hipercentro – terreno livre para a criação e acesso à cultura

Renato Motha (Sense of "Quiet" Minas)
Proposta: Trazer o produtor Yoshihiro Narita, criador e idealizador do Sense of "Quiet" festival, que terá edição mineira realizado em Belo Horizonte, em 18/10/12, no Teatro Sesiminas. O festival contará com a participação dos artistas: Affonsinho, Bob Tostes, Vander Lee, Sérgio Pererê, Regina Souza, Leopoldina, Rafael Martini, Leonora Weissmann, Renato Motha e Patricia Lobato.

O produtor japonês Yoshihiro Narita tem sido um efetivo divulgador da música de Minas no Japão, tendo lançado mais de 20 títulos brasileiros, entre eles, 8 de artistas de Minas, através do selo NRT/Maritmo. Realizou 3 turnês com artistas mineiros em seu país e pretende através do sense of Quiet Minas festival, intensificar o intercâmbio musical entre Minas Gerais e o Japão.
Apoio: Uma passagem aérea ida e volta

Cursos e workshops
Aline Parreiras Gonçalves – Belo Horizonte
Proposta: A proponente irá participar de um curso denominado “ Diploma de Execução”, da École Normale de Musique de Paris, entre outubro 2012 e julho 2013. Consiste em aulas regulares de instrumento, música de câmara, como também diversas disciplinas de teoria geral da música. Apoio: Uma passagem aérea ida e volta e seguro obrigatório.

Gabriel Cursino – Belo Horizonte
Proposta: Divulgar a música de nosso país, com especial atenção às obras brasileiras do século XX e XXI, interpretadas pelo pianista mineiro Gabriel Casara. Isso será possível através de recitais e aulas públicas, promovidos na cidade de Briosco, Itália, durante o curso de interpretação pianista oferecido pelo renomado pianista Paul Badura-Skoda.
Apoio: Uma passagem aérea ida e volta e seguro obrigatório

Rafael Carneiro Nassif - Cataguases
Proposta: Participação em curso de capacitação em nível de pós-graduação durante cinco meses através da participação na classe de composição do compositor alemão Caspar Johannes Walter, incluindo seminários e orientações individuais na Escola Superior de Música e Artes performáticas de Stuttgart. Residência Artística com a possibilidade de compor com acesso irrestrito às salas, laboratórios, biblioteca e fonoteca da escola, e com a possibilidade de trabalhar em cooperação com alunos e professores. Paralelamente, turnê como compositor, palestrante, músico performer e produtor, em seis cidades da Alemanha e da Polônia, para apresentação de trabalho próprio sendo estas “Donaueschinger Musiktage” off-Program, Festival “Axes”, Cracóvia, Polônia, “werk_statt_festival” em Stuttgart, Concerto na série “Musik der Zeiten" em Esslingen am Neckar, Teatro da companhia de dança experimental “Nuage-Fou” em Freiburg, Concerto “NOVOBrasil!” em Lübeck.

Apoio: Uma passagem aérea ida e volta, cobertura de trechos, dois prêmios e seguro obrigatório

Sobre o Música Minas
Desde o seu lançamento, em 2009, o Programa MÚSICA MINAS beneficiou cerca de 740 artistas, por meio de 173 propostas selecionadas pelos seus editais. A iniciativa levou artistas mineiros para importantes festivais, cursos e eventos em todo o mundo, além de ter realizado ações de representação em feiras internacionais de música como: WOMEX (Copenhague/Dinamarca), BAFIM (Buenos Aires/Argentina), CMJ Music Marathon (Nova York/EUA), CMW - Canadian Music Week (Toronto/Canadá), Mercado da Música Viva De Vic (Espanha), Culturgal - Feiras das Indústrias Culturais da Galícia (Pontevedra/Espanha), entre outras.
O programa Música Minas é realizado por meio da parceria firmada entre o poder público, representado pela Secretária de Estado de Cultura e a sociedade civil, na figura do Fórum da Música de Minas Gerais, que une entidades organizadas e representativas da música como a AAMUCE (Associação dos Amigos do Museu Clube da Esquina), COMUM (Cooperativa da Música de Minas), FEM (Fora do Eixo Minas), Grupo Cultural NUC, Rede Catitu, SIM (Sociedade Independente da Música) e VALE MAIS (Instituto Sociocultural do Jequitinhonha).
Acesse os editais e saiba mais sobre as oportunidades geradas pelo programa no www.musicaminas.com

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *