Discurso da ministra durante solenidade que elegeu o Frevo Patrimônio Imaterial da Humanidade


Paris, 05 de dezembro de 2012
Senhor Presidente, bom dia.
Em nome do Governo brasileiro, cumprimento todos os presentes. Aos membros do Comitê, venho expressar gratidão pela inscrição do “Frevo: Expressão Artística do Carnaval do Recife” na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Agradeço igualmente aos membros do Órgão Subsidiário pela avaliação positiva desta candidatura, e ao Secretariado pela valiosa orientação.
O Frevo, uma das mais tradicionais formas de expressão do carnaval do nosso país, é originário do nordeste brasileiro, em especial das cidades do Recife e de Olinda, no Estado de Pernambuco.
Etimologicamente, o termo “frevo” deriva de corruptela do verbo “ferver”, que em português significa “bouillir”, expressão literal do modo de ser caloroso do povo brasileiro e da ebulição de alegria despertada pelo frevo durante o carnaval.
Formado por grande mescla de gêneros musicais, de danças, de movimentos da capoeira, de figurinos e de adereços artesanais, o Frevo é uma das mais ricas manifestações da criatividade e da capacidade de expressão popular da cultura brasileira. Arrasta, a cada ano, multidões crescentes pelas ruas das cidades e ganha cada vez mais espaço nos meios de comunicação.
Embora tenha surgido há cerca de um século, o Frevo é um patrimônio vivo, de notável visibilidade e portador de valores inestimáveis de tolerância e de convívio na diversidade.
Para o Brasil, a inscrição do Frevo representa o reconhecimento dos avanços logrados em nossas políticas de salvaguarda do patrimônio cultural imaterial, que progressivamente vêm privilegiando a abordagem do patrimônio como dimensão essencial e vetor do desenvolvimento sustentável do nosso país.
São estes os pontos de vista a partir dos quais compreendemos e promovemos a Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial: internamente, como instrumento de valorização dos grupos detentores desse patrimônio cultural; e, no plano internacional, como marco para cooperação em favor do diálogo, do intercâmbio de experiências e da redução das assimetrias.
Mediante sua inscrição na Lista Representativa da UNESCO, o Frevo se coloca a serviço da valorização do espírito criativo da humanidade, do diálogo e, por que não, da alegria e do convívio fraterno entre os seres humanos.
Orgulho-me da confiança depositada no Brasil. Celebro o reconhecimento da importância simbólica desta candidatura, valor que queremos compartilhar e celebrar com todos vocês, convidando-os a se juntarem à multidão de foliões do carnaval de rua do Recife e de Olinda no próximo mês de fevereiro!
Muito obrigada!”

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *