Vale-Cultura


Marta debate Vale-Cultura em Porto Alegre. Apoio ao Theatro São Pedro também é tema da visita
A ministra da Cultura, Marta Suplicy, visitou Porto Alegre nesta terça (5), para uma série de compromissos que começou no Theatro São Pedro, passou pelo Palácio Piratini e prefeitura; terminou na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs).
Marta tratou em destaque do Vale-Cultura, apoio ao Theatro São Pedro (Multipalco), parcerias com a cidade como a implantação de Centros das Artes e Esportes Unificados (CEUs) e Sistema Nacional de Cultura. Hoje, o governador Tarso Genro encaminhou à Assembleia Legislativa projeto de lei que cria no Estado o Sistema Estadual de Cultura.
Audiência - A visita da ministra ao Theatro São Pedro foi bastante concorrida. Casa lotada para ouvir palestra sobre Vale-Cultura. Marta também respondeu perguntas do participantes da audiência que foi promovida pela Secretaria Estadual de Cultura e Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.
Teatro lotado para audiência sobre Vale-Cultura
O potencial de alcance do Vale-Cultura no Rio Grande do Sul – baseando-se em dados do Ministério do Trabalho para empregados que ganham de um a cinco salários mínimos e atuam em empresas tributadas com base no lucro real é de 800 mil trabalhadores. Nos próximos anos, pode superar R$ 500 milhões a injeção de recursos para a cultura a partir dessa política.
Na mesa da audiência, com a ministra, a deputada estadual Ana Affonso e o secretário de Cultura do Rio Grande do Sul, Assis Brasil, valorizaram a política do governo federal que estimula o consumo de cultura pelo trabalhador.
Ana Affonso disse que o Vale-Cultura é um mecanismo de fortalecimento do setor. “Chegou a hora de o Ministério da Cultura mudar a realidade da população brasileira”, observou.
Assis Brasil destacou o Vale-Cultura como instrumento de inclusão social. “O Theatro São Pedro vai usar Vale-Cultura”, exemplificou, lembrando que o espaço é referência de cultura na cidade.
Marta ao lado de Eva Sopher
A ministra Marta Suplicy disse que “há uma fome de cultura no nosso país.” Também observou que o Ministério da Cultura (MinC) não vai dizer o que é cultura. “As pessoas vão consumir o que quiserem com este vale”, afirmou.
Com o Vale-Cultura, o trabalhador com carteira assinada poderá ter acesso ao repasse de R$ 50 por mês a ser utilizado em todos os estabelecimentos que promovam cultura, o que inclui casas de espetáculos, teatros, cinemas, shows, livrarias. Basta a adesão da empresa ao programa e também das categorias profissionais. A previsão é que a política seja implementada até o início do segundo semestre.
Visita - Após a audiência, a ministra foi convidada a visitar as obras do Multipalco (ao lado da estrutura original do Theatro São Pedro – obra em andamento), junto com a administradora do Theatro São Pedro, Eva Sopher (foto).
À imprensa, ao ser perguntada sobre o espaço, Marta disse que “a renovação de teatros e museus é uma iniciativa importante” e que está em análise o pedido de aditamento de recursos de fomento via Lei Rouanet, no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), para conclusão do Multipalco. Mais tarde, em cerimônia com o governador Tarso Genro reiterou a importância do espaço e o entendimento que o MinC tem de que a obra é relevante.
(Texto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura/Ascom MinC
Fotos: Fernando Gomes)

Fonte: MinC

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *