Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Desenvolvimento econômico

Parque Tecnológico do Rio poderá receber até R$ 3 bilhões em investimentos em cinco anos

Pesquisa e Inovação Nielmar de Oliveira Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro – Lançado em meados de março deste ano, o Plano Inova Empresa evidencia a necessidade de criação de parques tecnológicos no país, disse o diretor executivo do Parque Tecnológico do Rio-UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Maurício Guedes. O plano prevê investimentos de R$ 32,9 bilhões nos próximos dois anos para incentivar o desenvolvimento de pesquisas nos setores industrial, agrícola e de serviços. Ao estruturar um programa para aumentar a capacidade de inovação da economia brasileira, o governo propiciará, indiretamente, a expansão do Parque Tecnológico do Rio, que poderá chegar a atrair investimentos adicionais de R$ 2 bilhões a R$ 3 bilhões nos próximos cinco anos, disse Guedes à  Agência Brasil . Segundo ele, o tema "parques tecnológicos" está entrando com força total na agenda nacional. "É importante que o país tenha um programa estruturado para aumentar a ca

Economia criativa estimula projetos inovadores em Barra do Piraí, diz secretário

Alana Gandra Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro - O conceito da economia criativa foi o que levou à criação do Polo Audiovisual de Barra do Piraí, em 2009 e é isso que estimula o surgimento de projetos inovadores na cidade, entre os quais o Festival Internacional Estudantil de Cinema. A explicação é do secretário municipal do Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Barra do Piraí, Roberto Monzo, coordenador do festival, que reunirá no município em abril jovens do Brasil e do mundo. Ele entende que o desenvolvimento a partir da economia criativa é o caminho natural da cidade. “É isso que vai trabalhar o que nós temos de vocação: a valorização do nosso patrimônio histórico, natural, artístico, respeitando a tradição do município na parte cultural e as limitações em relação à topografia para a vinda de novas empresas”. O secretário sustentou que economia criativa “é aquela que valoriza as pessoas e as coisas que o município tem. E é uma indústria sem chaminé, que não vai po

Economia Criativa tem agenda cheia em BH

O diretor de Desenvolvimento e Monitoramento da Secretaria da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), Luiz Antonio de Oliveira, apresenta os programas e ações desenvolvidos pelo MinC para a economia criativa brasileira amanhã, dia 15, em Belo Horizonte. A exposição do diretor do MinC começa às 10h e está na programação de um seminário promovido pela  Fundação Municipal de Cultura  como parte do programa Agenda Criativa, desenvolvido pela prefeitura da capital mineira. O evento vai discutir as cadeias produtivas ligadas aos segmentos criativos de Belo Horizonte e tem a finalidade de subsidiar um programa de ações voltadas à sustentabilidade do setor. Ainda na capital mineira, o diretor da SEC/MinC participa, à tarde, do Salão Mineiro de Turismo, onde também falará sobre o tema Economia Criativa e as ações desenvolvidas pelo MinC. Após, concederá entrevista para o Planeta, programa semanal de reportagens especiais da TV Rede Minas (emissora pública), que será gravada

Inovação aplicada ao desenvolvimento da Economia Criativa

Marcelo Davila A Secretária da Economia Criativa do Ministério da Cultura (SEC/MinC), Cláudia Leitão, é uma das palestrantes da Conferência Internacional de Inovação Aplicada ao Desenvolvimento promovida pela fundação  Barcelona Media Inovação Brasil  (BMiBrasil), que será realizada nesta quinta-feira, dia 14, em Salvador (BA), e reunirá especialistas internacionais e nacionais para discutir inovação aplicada ao desenvolvimento em setores como turismo, cultura  e economia criativa. A secretária do MinC  participa do painel Economia Criativa: como construir o Modelo Brasil, que inicia às 9h45. Veja a  programação . Fonte: MinC/OBEC

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Matricule-se agora!

Matricule-se agora!
Tutoria particular, 90 reais por mês!

Shoptime!

-->