Experiência francesa

Construção de indicadores de políticas culturais é tema de seminário em Belo Horizonte



A Secretaria de Estado da Cultura, o Circuito Cultural Praça da Liberdade, o Sebrae-MG e a Embaixada da França promovem, nos dias 9 e 10 de julho, o seminário “Políticas e Práticas da Cultura – a experiência do Observatório de Políticas Culturais da França”. Coordenado por Jean-Pascal Quilès, diretor adjunto do Observatório de Políticas Culturais (ONPC) em Grenoble, o seminário objetiva sensibilizar gestores, produtores e agentes de cultura de Belo Horizonte para a construção de indicadores sensíveis à realidade local.

Jean-Pascal, além de diretor adjunto do ONPC, é o responsável pelo Mestrado e pela formação continuada na área cultural da França, voltada para executivos e políticos eleitos. No Brasil, Quilès desenvolve um diálogo com o Ministério da Cultura, desde 2010, com o objetivo de criar uma Plataforma Brasileira de Políticas Culturais, baseada no modelo francês, que poderá ser sediada em Belo Horizonte.

O seminário será realizado, das 9h às 18h, no auditório do CDL, na Avenida João Pinheiro, 495 – Funcionários. A abertura do encontro, no dia 9, às 9h, contará com a presença do secretário executivo do Ministério da Cultura, Vítor Ortiz, da secretária de Estado da Cultura, Eliane Parreiras, do cônsul honorário da França, Manoel Bernardes, da gerente executiva do Circuito Cultural Praça da Liberdade, Cristiana Kumaira, e de membros da Diretoria do SEBRAE Minas.

O evento é aberto ao público e os interessados poderão se inscrever através do linkhttps://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dF9wc2QwX0ZXaUtGSGFiZjl0RXprLVE6MQ. Para as atividades do dia 10 de julho, as inscrições serão realizadas durante o dia 9, no local do evento, com oferta limitada de vagas.

Observatório de Políticas Culturais

O Observatório Nacional de Políticas Culturais foi criado em 1989 pelo Ministério da Cultura da França, no intuito de acompanhar o processo da descentralização cultural do país. Depois da UNESCO, foi o primeiro instrumento deste tipo a ser criado no mundo. Na Europa, o ONPC é um dos membros fundadores do European Network of Cultural Administration Training Centers (ENCACT), além de ser um parceiro privilegiado das coletividades territoriais (regiões, departamentos e cidades) e do Estado francês (Ministério da Cultura e Ministério das Relações Exteriores) na análise e avaliação das políticas culturais do país.

Entre as demais atividades que o Observatório de Políticas Culturais desenvolve, encontram-se estudos qualitativos e quantitativos sobre políticas e práticas culturais; formação continuada de políticos eleitos e aconselhamento desses políticos no âmbito cultural, para estudo e colocação em prática das políticas culturais; consultoria e realização de seminários e fóruns abertos, a fim de organizar o diálogo e o debate entre agentes artísticos e culturais, políticos eleitos, pesquisadores e formadores de opinião a nível público e privado.
Circuito Cultural Praça da Liberdade

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *