6ª Primavera dos Museus


De 24 a 30 de setembro em mais de 800 museus e instituições culturais do País
Com a chegada da primavera as flores ganham destaque nas cidades brasileiras, mas não só elas. Milhares de atrações em museus também chamam a atenção e florescem na 6ª edição da Primavera dos Museus, temporada anual de eventos coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), instituição vinculada ao Ministério da Cultura. Durante a semana de 24 a 30 de setembro, mais de 800 museus e outras instituições culturais participam da primavera em 364 municípios do País.
Neste ano, o tema da Primavera dos Museus é A Função Social dos Museus, em uma homenagem aos 40 anos da Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile. A partir da assinatura da declaração, em 1972, os museus passaram a ser entendidos como instituições a serviço da sociedade com importante papel na formação da consciência das comunidades.
“O tema dessa primavera possibilita aos museus refletir e agir sobre a sua relação com a sociedade. Esperamos que esta sexta Primavera dos Museus construa um maior elo entre os museus e a comunidade”, declarou o presidente do Ibram, José do Nascimento Junior.
É com este intuito que as 803 instituições organizaram suas programações, que somam 2.405 eventos nos 26 estados e no Distrito Federal. São exposições, seminários, oficinas, palestras, instalações, mostras de filmes, dentre outras atividades. Em comparação à edição do ano passado – que teve como temaMulheres, Museus e Memórias -, houve aumento de 36% no número de instituições cadastradas. Já o número de eventos teve acréscimo de 35%, em 2012.
A Primavera no Brasil e na Espanha
A estação das flores não ficará restrita ao Brasil e chegará também à Espanha em meio ao outono europeu. Pelo menos, esse será o clima no Museo Etnolóxico, em Ribadavia (província de Ourense), que participa desta 6ª edição da primavera com ação educativa. É a primeira vez que uma instituição de outro país integra a temporada de eventos.

Museu Casa da Princesa
Já no Brasil, as atrações culturais acontecem de Norte a Sul unindo ao tema desta 6ª edição as tradições, as crenças e os patrimônios materiais e imateriais das regiões do país. No Centro-Oeste os museus participantes somam 52 e no Norte, 36. O Museu Casa da Princesa é um dos representantes da região central do país e está localizado no centro histórico da cidade de Pilar de Goiás (GO). Na Casa Setecentista, antiga moradia senhorial do século XVIII onde funciona o museu, acontece a exposição “Pilarenses: registros fotográficos de uma sociedade plural”, aberta à visitação de 25 de setembro a 28 de outubro.
No Pará, a tradição da procissão católica do Círio de Nazaré que acontece há mais de dois séculos em Belém ganha destaque na programação do Sistema Integrado de Museus e Memoriais com a exibição de documentários. Os filmes serão apresentados no dia 28 de setembro, no mini-auditório do Museu de Arte Sacra, e serão seguidos de debates sobre as ações museais de preservação, salvaguarda e pesquisa sobre a memória social do Círio de Nazaré.

Museu da Abolição
A exposição “O Santo é de Barro” é um dos eventos da programação do Museu da Abolição, em Recife (PE) – uma das 172 instituições da região Nordeste que se inscreveram na primavera deste ano. De 21 de setembro a 27 de outubro, o público poderá conferir o acervo que mostra a presença e importância do barro nas religiões do homem negro, índio e branco. O Museu da Abolição é um Centro de Referência da Cultura Afro-Brasileira e está localizado no sobrado que foi sede do Engenho Madalena e residência do conselheiro abolicionista João Alfredo.
O Sudoeste e o Sul do Brasil são as regiões que têm o maior número de museus inscritos na programação da 6ª Primavera dos Museus, são 314 e 229, respectivamente.  Em Florianópolis (SC), o Museu Victor Meirelles promove a oficina “Jardins de Capins: praticando novos espaços urbanos”, na qual o capim será mapeado e transplantado, criando um jardim urbano com olhar artístico. A oficina acontece de 24 a 26 de setembro.

O Muro
Um novo olhar sobre o cenário urbano também é o mote da instalação fotográfica interativa “O Muro”, que acontece no Museu da República, no Rio de Janeiro, de 23 a 30 de setembro.
O trabalho é composto por fotografias produzidas por 80 crianças da comunidade do Jacarezinho, exibindo múltiplos registros da favela feitos por quem vive nela.
Novidades
Para visitar a instalação “O Muro” e outras atrações da programação do Rio de Janeiro, o público pode aproveitar as vantagens da parceria firmada entre o Ibram e o Metrô Rio, que concede descontos e entradas gratuitas em alguns museus da cidade para usuários e um acompanhante, com cartão pré-pago válido, assim como para funcionários da empresa. Outra novidade é a parceria do Ibram com a rede de restaurantes McDonald’s, que vai imprimir nos folhetos utilizados nas bandejas curiosidades sobre os museus brasileiros.
Confira a programação completa da 6ª Primavera dos Museus.
(Texto: Lara Aliano, Ascom/MinC)
(Foto: Ana Cecilia Brigno)


Fonte: http://www.cultura.gov.br/site/2012/09/21/primavera-dos-museus/

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *