Escola de Cinema Darcy Ribeiro comemora dez anos de história no Rio


Agência Brasil
Rio de Janeiro - A Escola de Cinema Darcy Ribeiro (ECDR), no centro da capital fluminense, realizou hoje (23) em sua sede uma festa para comemorar os dez anos de fundação, completados este mês. A programação contou com espetáculos de cinema, música e poesia, e com a apresentação de um pocket show com os músicos Jards Macalé, Jorge Mautner e Rogê.  
Conhecida como um espaço aberto à experimentação, reflexão e pesquisas de novas linguagens no campo do audiovisual, a escola já formou mais de 3.600 alunos no curso regular, de diferentes regiões do Brasil e de países da Europa e da América do Sul. Ela oferece cursos regulares, oficinas e laboratórios de roteiros, além de atividades de extensão, como um cineclube, que ocorre aos sábados.
Segundo a fundadora e diretora da ECDR, Irene Ferraz, a instituição está cumprindo a missão de formar profissionais criativos e competentes para o mercado de trabalho, atualizados com as principais tecnologias de convergência digital. “O importante é buscarmos a tecnologia a serviço da criação. Nossos alunos trabalham com projetos criativos, na hoje tão falada indústria criativa”, disse a diretora.  
De acordo com Irene, um terço das vagas do espaço são direcionadas a alunos de organizações não governamentais (ONGs) relacionadas ao segmento audiovisual, por intermédio dos pontos de cultura, coordenados pelo Ministério da Cultura (MinC). São alunos da Central Única das Favelas (Cufa), do Nós do Morro, do AfroReggae, do Nós do Cinema e do Observatório das Favelas, entre outras entidades.
Irene foi coordenadora de produção da Escuela Internacional de Cine Y Television (EICTV), em Cuba, entre 1992 e 1993. Ao retornar ao Brasil, ela tentou viabilizar o projeto da escola com o professor Darcy Ribeiro. Após a morte de Darcy, Irene deu continuidade à iniciativa e em 1998 ajudou a criar o Instituto Brasileiro de Audiovisual, que é a instituição mantenedora do espaço. A partir de 2002, com a obtenção da sede, foram iniciados os cursos regulares.
O corpo docente da instituição é formado por diretores renomados do cinema nacional, como Ruy Guerra, que é coordenador acadêmico do espaço, Flávio Tambellini e Walter Lima Junior. Fazem parte de seu conselho, ícones da cultura brasileira, como os cineastas Cacá Diegues e Nelson Pereira dos Santos e o arquiteto Oscar Niemeyer.

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *