Caixa Cultural abre hoje inscrição de projetos

Interessados têm até 27 de maio para inscrever projetos em editais de ocupação, artesanato e fomento a festivais
Os teatros e galerias da Caixa Cultural recebem a partir de 8 horas da manhã de hoje propostas para a programação 2014/2015. O edital de ocupação - aberto às linguagens de teatro, música, dança, artes visuais e cinema - foi lançado juntamente ao edital "Apoio ao Artesanato Brasileiro" e "Apoio a Festivais de Teatro e Dança". As inscrições dos projetos e propostas artísticas é gratuita e feita integramente pela internet. O formulário eletrônico - regulamento, ficha de inscrição e demais instruções - está disponível em www.programasculturaiscaixa.com.br.

A Caixa Cultural recebe propostas de todo o País para compor a programação em sete cidades

Os editais são abertos a projetos de todo o País e as inscrições seguem até 18 horas do dia 27 de maio. Para o edital de ocupação, podem ser propostas ações não apenas no centro cultural de Fortaleza. A Caixa Cultural dispõe de sedes próprias em Recife, Salvador, Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

"Todo o processo de escolha é nacional. Temos uma fase de habilitação, onde é avaliado se a empresa é adequada. Por exemplo, se ela atua na área da cultura e se está em dia com o fisco. Aprovado nesta etapa, o projeto passa por comissões técnicas, compostas por profissionais do mercado. E, por fim, os projetos selecionados vão ser encaixados nas pautas de cada uma das sete Caixas", explica José Márcio, gerente da Caixa Cultural Fortaleza.

Em nenhum dos três editais divulgados é aceita inscrição via pessoa física. Márcio alerta ainda para a necessidade de que as empresas proponentes de projetos para os espaços da instituição atuem na área cultural.

Ocupação
O edital de ocupação recebe propostas para programação no período, entre março de 2014 e fevereiro de 2015. Os interessados podem encaminhar propostas para ocupar um ou mais dos sete centros da Caixa no País. Márcio reforça a importância de que os artistas e produtores interessados forneçam da forma mais objetiva possível informações sobre as propostas.

"É preciso conseguir colocar nos textos a essência do projeto, a importância para a sociedade, o currículo das pessoas envolvidas. Se recebeu prêmios, se participou de outros projetos. Também pode incluir arquivos mp3, vídeos, isso ajuda muito na avaliação", reforça.

Cada proponente pode apresentar até dez projetos, que incluam apresentações em uma ou mais cidades. O valor máximo de patrocínio por cidade é de R$ 300 mil. Os projetos têm uma certa liberdade no que diz respeito a formatação. Serão aceitos, por exemplo, propostas de cursos, oficinas, palestras, encontros, leitura dramatizada, lançamento de livros, que estejam de acordo com a linguagem inscrita.

Linguagens
Projetos na área de e artes visuais englobam as linguagens de escultura, pintura, gravura, desenho, fotografia, instalação, videoinstalação, intervenção, novas tecnologias e performance.

Teatro inclui contemporâneo, físico, performance de palco e circo-teatro. Dança, também em diversidade de expressões, seja ela clássica ou dança-teatro.

Os dois outros editais são temáticos e voltados para o patrocínio de iniciativas em suas respectivas áreas. O de Apoio ao Artesanato Brasileiro seleciona projetos de valorização do artesanato tradicional, em especial, que contribuam para o desenvolvimento de comunidades envolvidas com este tipo de atividade. O teto para o patrocínio é de R$ 50 mil por projeto. As propostas podem contemplar mais de uma comunidade, até mesmo, iniciativas em localidades diferentes.

"É um edital voltado não especificamente para a comercialização, mas para formação, a organização e o preparo dos artesãos para produzir. A comercialização está na ponta. É um programa para projetos ligados a tradição", reforça Márcio.

Já o Programa Caixa de Apoio a Festivais de Teatro e Dança esta focado em projetos de mostras (não competitivas) nestas duas áreas, que devem ser realizadas de janeiro a dezembro de 2014. "Há carência de espaços para o teatro e a dança. Esse patrocínio busca fomentar essas duas expressões culturais", justifica, sobre o recorte do edital nas duas linguagens.

Os festivais propostos podem ser realizados em todo o território nacional e o valor máximo do patrocínio é de R$ 200 mil. Segundo o regulamento, os festivais propostos devem contemplar o mínimo de cinco grupos e promover, pelo menos, dez espetáculos distintos. Também devem promover atividades de formação, como palestras, oficinas e cursos.

Internet

A opção por receber inscrições apenas via internet, explica José Márcio, é uma maneira de tornar o processo mais democrático. "Não vai interferir na avaliação a apresentação, o papel que é impresso, se é encadernado, se é capa dura. Com a inscrição online o que interessa é a informação. É só isso que a gente vai ter acesso", ilustra. O processo de inscrição fica mais barato, evita problemas que possam ocorrer na postagem e torna a seleção mais justa, reforça.

Este ano, a Caixa não lança o seu Programa de Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiros, que tem edição bienal. Ano passado, foram selecionados neste edital 12 projetos. O balanço de 2012 inclui 291 projetos de ocupação contemplados nas sete sedes, totalizando R$ 37,1 milhões.

Entre os festivais, foram 47 projetos, sendo 19 de dança e 28 de teatro, totalizando R$ 3,7 milhões. No Programa de Apoio ao Artesanato foram contemplados 19 projetos, somando R$ 570 mil investidos.

Mais informação:
Editais abertos para ocupação das sedes da Caixa Cultural, apoio ao artesanato e a festivais de dança e teatro: programasculturaiscaixa.com.br

FÁBIO MARQUESREPÓRTER 

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários

Americanas.com

Postagens mais visitadas deste blog

@Binoculocultura

@Binoculocultura
Notícias para seus projetos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *