Postagens

Mostrando postagens com o rótulo acervos

Americanas.com

Museu de Miami ensina ciência com tecnologia e diversão

Imagem
Com muita tecnologia e interatividade, museu atrai mais de 250 mil visitantes todos os anos Foto: Creative Commons Esqueletos de dinossauro, potentes telescópios, um centro de reabilitação de animais selvagens e uma pista de dança capaz de transformar o movimento das pessoas em eletricidade. Se você quer unir diversão com aprendizado, essas são apenas algumas das atrações que os apaixonados por ciência podem encontrar no Miami Science Museum. O espaço conta com uma série de mostras criadas para agradar o público de todas as idades, e atrai cerca de 250 mil visitantes por ano. Uma das mais concorridas é a “Energy Tracker”, que leva as pessoas a refletir sobre os princípios da energia renovável. Além da curiosa pista de dança, é possível também tomar contato com veículos movidos por combustíveis pouco convencionais, como o ar, por exemplo. Em “Hurricane”, você irá aprender sobre a formação dos furacões e as técnicas utilizadas para prever o seu surgimento e evitar catástrof

Museu da Energia sedia Oficina "Fotografia de Acervos Museológicos"

Imagem
Fotógrafo Fernando Henrique Campos ministrará o evento. divulgação Oficina explicará técnicas de manuseio e cuidados ao se fotografar peças delicadas No dia 21 de março (quinta-feira), das 19h30 às 22 horas, acontecerá no  Museu da Energia de Itu  a Oficina “Fotografia de Acervos Museológicos”, ministrada pelo fotógrafo Fernando Henrique Campos. Nesta oficina os participantes são convidados a saber mais sobre técnicas de manuseio e cuidados ao se fotografar peças delicadas, e irão praticar utilizando objetos do acervo do Museu. A Oficina “Fotografia de Acervos Museológicos” está direcionada aos interessados e curiosos, sendo fotógrafos amadores ou profissionais, que possuam uma câmera fotográfica com possibilidade de ajustes manuais (M); tripé; e fonte de luz (lanterna, led, celular). Vagas e Inscrições 15 vagas Inscrições gratuitas. De 10 a 19 de março de 2013, através do e-mail itu@museudaenergia.org.br. Fernando Henrique Campos Fotógrafo formado pela FCAD, Bacharel em Tur

Cultura Digital

Imagem
MinC irá promover a digitalização de acervos culturais e históricos no Brasil Durante a abertura do  ‘Seminário Internacional sobre Sistemas de Informação e Acervos Digitais de Cultura’   que está sendo realizado em São Paulo, entre os dias 11 e 13 de março, Américo Córdula, Diretor de Estudos e Monitoramento de Políticas Culturais da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (SPC/MinC), anunciou o lançamento do Programa de Apoio à Digitalização de Acervos Culturais e Históricos no Brasil, que será feito pelo Ministério da Cultura (MinC). Américo representou a ministra Marta Suplicy no evento. O Programa selecionará, por meio de editais, 20 instituições culturais brasileiras públicas ou privadas que sejam guardiãs de acervos de valor histórico e/ou cultural e que desejam digitalizar parte de sua coleção para publicação em repositório digital, aberto ao acesso pela internet. Também fornecerá kits contendo equipamentos (scanner, câmera, computadores e outros) e ap

Seminário Internacional em São Paulo

Imagem
O evento vai girar em torno dos sistemas de informação e acervos digitais de Cultura A Secretaria de Políticas Culturais (SPC) do Ministério da Cultura realizará entre os dias 11 e 13 de março, em São Paulo, o  Seminário Internacional Sistemas de Informação e Acervos Digitais de Cultura . O encontro reunirá gestores públicos e privados, pesquisadores e comunidade acadêmica interessados em sistemas de informações culturais com interfaces colaborativas e arranjos de integração para acervos digitais de bibliotecas, arquivos e museus. O objetivo do evento é  fomentar o debate técnico qualificado no tema com o intuito de impulsionar a reflexão em torno da formulação de uma política nacional para acervos digitais. Outro objetivo do encontro é o de apresentar os resultados da parceria entre o Ministério da Cultura (MinC)  e a União Europeia, concretizada por meio do Programa de Cooperação ‘Diálogos Setoriais UE-Brasi’l, que envolveu a realização de missões técnicas a instituições eur

Funarte anuncia reabertura do Teatro Brasileiro de Comédia

A Fundação Nacional de Artes vai reabrir o Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), em São Paulo, a partir de outubro. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidente da Funarte, Antonio Grassi, disse, nesta quinta-feira, 7/2, que está fazendo de tudo para que o prazo seja cumprido. Considerado marco da modernização do teatro brasileiro nos anos 1940 e celeiro de nomes fundamentais nos anos 1950 e 1960, o TBC ganhou novo projeto arquitetônico. Das quatro salas, apenas uma será mantida. As demais serão transformadas em um espaço multiuso, que poderá receber espetáculos, exposições e projetos em outros tipos de expressão artística. Orçada em R$ 13 milhões, a reforma também prevê a criação de um café e a recuperação da fachada do prédio.  Em março, será lançado o primeiro edital de ocupação do espaço, destinado  a residências artísticas com duração de seis meses.  ”A intenção é analisar projetos em todo território nacional, para receber grupos de todo o país”, disse Grassi à Folh

Biblioteca assina contrato com FGV para solucionar problemas estruturais

Em meio a problemas de infraestrutura que ameaçam a preservação de um importante patrimônio histórico e cultural brasileiro, a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) assinou um contrato de R$ 6,87 milhões com a Fundação  Getúlio  Vargas (FGV). Por esse valor, especialistas da FGV deverão avaliar a situação do prédio da Biblioteca Nacional, localizado no Rio de Janeiro, e apresentar, em seis meses, um programa de modernização institucional, organizacional e da infraestrutura do edifício histórico, onde estão armazenados cerca de 9 milhões de livros, gravuras, cartazes, jornais, mapas, manuscritos e moedas. Entre as preciosidades da entidade, vinculada ao Ministério da Cultura, estão todo o acervo trazido ao Brasil pela Família Real em 1808; os 48 mil volumes encadernados e inúmeras brochuras pertencentes à imperatriz Thereza Christina Maria e doados pelo ex-imperador D. Pedro II e a chamada Bíblia de Mogúncia (ou Bíblia Latina), pergaminho publicado em 1462. Assinado no último dia 1

Treze acervos brasileiros recebem certificados do Programa Memória do Mundo da Unesco

Paulo Virgilio Repórter da Agência Brasil Rio de Janeiro - Acervos de 13 instituições brasileiras receberam no final da tarde de hoje (4), em cerimônia no Arquivo Nacional, no centro do Rio, os certificados que asseguram sua inclusão no Programa Memória do Mundo da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Três das instituições foram contempladas com certificado de nominação no Registro Regional para América Latina e Caribe do Memória do Mundo, enquanto as demais tiveram as documentações reconhecidas no Registro Nacional do programa. A Fundação Biblioteca Nacional (FBN) obteve o reconhecimento regional para o  Atlas e Mapa  do cartógrafo Miguel Antônio Ciera. O Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), da Universidade de São Paulo (USP), juntamente com a Bibliothéque Saint-Geneviève, de Paris, recebeu o certificado do Registro Regional pela coleção de documentos do historiador francês Ferdinand Denis (1798-1890), um estudioso do Brasil do século 1

Ganhe uma hora de curso aqui!

Ganhe uma hora de curso aqui!
Assista ao vídeo e saiba mais!

Matricule-se agora!

Matricule-se agora!
Tutoria particular, 90 reais por mês!

InfoMoney

Folha de S.Paulo - Ilustrada - Principal