Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Internet

Americanas.com

Binóculo Cultural Boletim Diário - 14/07/2020: Pornografia, sexo e internet em tempos de pandemia

Imagem
TecMundo: Tráfego da internet brasileira na pandemia: quais foram os impactos? InforChannel: Tráfego de internet no Brasil cresce 6 vezes nas redes da Angola Cables na pandemia O Globo: Direitos são preservados na lei das fake news Terra Notícias: Quarentena traz oportunidade de redescoberta da sexualidade Observatório da TV: Fantástico alvoroça a internet com matéria sobre (falta de) sexo na pandemia Correio Braziliense: Confira como os solteiros estão lidando com o isolamento social Observatório G: Gays relatam sexo casual durante quarentena no Reino Unido Delas/Portugal: Especialistas dizem o que mudou no sexo pós-quarentena Folha S. Paulo: Monogamia é cômoda e barata, mas absolutamente frágil, diz sexólogo O Tempo: Masturbação entra na lista de 'receitas' inusitadas para conter o coronavírus Vogue: A mudança no comportamento sexual O Tempo: Traição virtual assombra casais na quarentena Visão/Portugal: O desafio de começar uma nova relação em tempo

Binóculo Cultural Concentrado - Segurança de Dados nas Redes Sociais

Imagem
Golpistas estão tentando roubar canais no YouTube; saiba como se proteger A violência invisível da Internet ponto BR Segurança da informação e proteção de dados na pandemia da Covid-19 Canais do YouTube estão sendo roubados por golpes de phishing Pandemia e privacidade na internet: do monitoramento do Governo até o que as empresas podem armazenar Precisa de senhas mais fortes? Google dá dicas para aprimorar segurança do login Primeiras notas sobre Biotecnologia e Psiquismo: quem é você e quem sou eu?

Curso Marketing Digital para Produtores e Artistas

Imagem
Clique aqui! Descubra quando e como essa novidade vai rolar.

Educação à distância: Curso de Elaboração de Projetos Culturais

Imagem
Começam amanhã, 12 de julho, as aulas do curso de elaboração de projetos culturais através de educação à distância da APSA Cultura | EAD. O curso terá duração de uma semana, podendo estender-se até quinze dias de acordo com o desempenho dos alunos. As aulas são dinâmicas e práticas. O curso é composto por 7 aulas que tratam de temas como: conceitos de projetos culturais, etapas para a construção de projetos, desenvolvimento de planos de mídia e de marketing, técnicas de monitoramento de editais e desenvolvimento de projeto matriz. O preço é bem em conta, o valor é de R$250,00 pagos na inscrição. As atividades são executadas através do  ambiente de EAD  que conta com grupo de discussão, exercícios, textos para baixar, acesso à impressão dos conteúdos de aulas e contato direto com o professor-tutor. E, ao contrário do que geralmente acontece em cursos na internet, as turmas do EAD APSA são organizadas em pequenos grupos (de 5 a 10 pessoas, no máximo), exatamente para que o pr

Conheça nosso Ambiente de EAD

Imagem
Assista ao vídeo e entenda como é fácil participar das aulas em nossos cursos. Próximo curso no ar dia 08 de julho: Curso de Elaboração de Projetos Culturais (Projeto Matriz). Leia mais.

Lei que pune crimes cibernéticos entra em vigor hoje

Karine Melo Repórter da Agência Brasil Brasília – A partir desta terça-feira (2), invadir dispositivos como computador, smartphones e tablets de outra pessoa para obter informações sem autorização passa a ser crime com pena de detenção de três meses a um ano, além de multa. Nesse caso, a pena ainda pode ser agravada se a informação roubada causar algum prejuízo econômico. A  Lei 12.737/2012 , que tipifica como crime uma série de condutas no ambiente virtual, foi sancionada no fim do ano passado  e entra em vigor hoje. Também está prevista prisão de seis meses a dois anos, além de multa, para quem obtiver dados "de comunicações eletrônicas privadas, segredos comerciais ou industriais e informações sigilosas". Se o crime for cometido contra autoridades do Poder Executivo, Legislativo ou Judiciário, a pena aumenta de um a dois terços. A Lei 12.737/12 aumenta a pena se houver divulgação, comercialização ou transmissão a terceiros dos dados obtidos ilegalmente. A lei també

Ministério da Cultura muda website

Está no ar e nas mídias sociais.  Acesse, consulte, teste e opine. Atenção: neste período de transição do website do MinC, nossos links RSS poderão apresentar problemas. http://www.cultura.gov.br/ Fonte: MinC

Site Partio, mais uma plataforma de incentivos a projetos culturais

O Partio é uma plataforma eficiente para unir pessoas, empresas e produtores de cultura em torno de um objetivo comum: concretizar projetos culturais. Tornamos fácil e rápida a reversão de impostos em cultura porque somos uma ferramenta de amplo alcance, organizadora de impostos das pessoas e empresas para incentivar a cultura nacional. O Brasil é um dos poucos países no mundo onde você pode escolher onde parte do dinheiro dos seus impostos será aplicada: com as Leis de Incentivo,  pessoas (PF)  e empresas  (PJ) podem destinar uma parte de seus impostos devidos a  projetos culturais. Acesse: Partio

Conferência de Autoridades Cinematográficas de Iberoamérica ganha novo portal na Internet

Imagem
Organismo multilateral aproxima as cinematografias dos países ibero-americanos. Desde 2011, secretaria executiva é exercida pelo presidente da ANCINE Está no ar o novo  portal da Conferência de Autoridades Cinematográficas de Iberoamérica – CACI , organismo multilateral voltado à promoção do desenvolvimento do setor audiovisual e ao fortalecimento de uma identidade cultural comum entre os países-membros. Além de uma seção de notícias, o novo portal inclui espaços para a apresentação dos Programas e Projetos da CACI e para Documentos e Publicações, incluindo informes e as atas de todas as reuniões ordinárias e extraordinárias da entidade. “Além de promover a aproximação e a troca de experiências entre as cinematografias dos países ibero-americanos e estimular a coprodução e a cooperação entre os países, a CACI constitui um importante fórum de debates sobre as políticas públicas formuladas para o setor”, afirma o diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel, que desde junho de

Site reúne músicos de todo o país para ensaiar e gravar

O projeto Música à Distância é o assunto desta edição do 'Cultura é Você', programa realizado pelas Rádios EBC. Você vai saber como a tecnologia está ajudando a promover encontros virtuais entre músicos de todo o país, que desejam ensaiar e gravar  mas não possuem parceiros Saiba mais em:  http://www.ebc.com.br/cultura/galeria/audios/2013/01/site-reune-musicos-de-todo-o-pais-para-ensaiar-e-gravar Fonte: Agência Brasil/EBC

Download: usuários que baixam música de graça compram 30% mais

Estudo publicado pela universidade de Columbia, nos Estados Unidos, aponta que os usuários de internet que costumam compartilhar arquivos na rede compram 30% mais arquivos de música digital do que os não praticantes do que muitos chamam de "pirataria virtual". O estudo, realizado nos Estados Unidos e na Alemanha, também constatou que os usuários de internet costumam ver negativamente a imposição do copyright, em práticas como controle de banda ou suspensão da internet e processos penais e multas contra quem divide arquivos. Estudos já publicados no passado, aponta o site  Torrent Freak , indicavam que usuários que compartilham arquivos são inclusive mais propensos a comprar CDs do que quem não compartilha. De acordo com o site  Arstechnica , no entanto, o estudo pode indicar apenas que os fãs de músicas são mais atraídos ao compartilhamento na internet, o que não significaria que os "piratas" colaboram mais com a indústria musical. Fonte: Terra Notícias

Site reúne diversidade cultural das cidades

Imagem
FOTO: DIVULGAÇÃO Foram 120 dias de viagem e 10 mil quilômetros rodados, para a composição deste mapa SUL FLUMINENSE Internautas podem conhecer um pouco melhor as cidades da região já podem encontrar todas as informações em um só lugar:  www.mapadecultura.rj.gov.br , nele constam informações sobre todos os aspectos dos municípios. São 92 vídeos, sete mil fotos e três mil verbetes sobre a cultura em todos os municípios do Rio disponibilizados em um portal na web e nas redes sociais. O Mapa aborda as principais manifestações culturais, artistas, personagens, patrimônio material e imaterial do Estado, gerando também uma enciclopédia online com dicas e informações de serviço. O Mapa de Cultura é um projeto da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocínio da Petrobras e coordenação, produção e conteúdo da Diadorim Ideias. O portal é colaborativo e estará sempre aberto a novos conteúdos. O Mapa de Cultura do Rio de Janeiro, que está sendo lançado na web, é uma encicl

Last.fm revela insights da música pelos hábitos de usuários

Imagem
Site interativo em comemoração aos 10 anos de Last.fm lista Top músicas, Top artistas e fatos históricos que balançaram a música na última década Reprodução Os dados revelam, por exemplo, que Smells Like Teen Spirit é a música mais popular da década no mundo, enquanto no Brasil é a Wonderwall do Oasis São Paulo - A importância dos dados como fenômeno para entender os hábitos dos usuários é indiscutível. O Last.fm tem feito isso por mais de 10 anos, ao coletar informações sobre o que seus usuários estão ouvindo. Agora, o serviço comemora seus 10 anos no ar com um microsite especial contento insights das informações que recolheu durante todo esse tempo, o 10 Years of Scrobbling. Os dados revelam, por exemplo, que Smells Like Teen Spirit é a música mais popular da década no mundo, enquanto no Brasil é a Wonderwall do Oasis. Já a banda mais popular, tanto no Brasil como no mundo, é Coldplay. Como já é esperado, os insights também mostram que, quando uma banda se s

‘Grande Museu da Internet’ reúne emoticons, gatinhos e Chuck Norris

Imagem
Agência de publicidade tenta recontar história da internet. Elementos inusitados fazem parte de 'coleção' do museu. Do G1, em São Paulo O ator Chuck Norris faz parte da história da internet (Foto: Reprodução) A agência de publicidade TBWA\Neboko se reuniu com a agência de produção digital Mediamonks para lançar o “Grande Museu da Internet” ( acesse aqui , em inglês), que reúne desde elementos mais simples da história da rede, como o e-mail e o mensageiro MSN, até tópicos inusitados que fazem sucesso na web, como gatinhos engraçados e o ator Chuck Norris. Segundo a agência TBWA, o museu traz uma “coleção diversa dedicada completamente à internet”. O site é dividido em setores e cada setor traz um assunto diferente. No setor História, por exemplo, o usuário pode entender melhor o início da internet e a Arpanet, precursora da web como é hoje. Em Memes, é possível entender o sucesso do ator Chuck Norris na web, bem como saber mais sobre

Congresso de telecomunicações acaba dividido e com trocas de acusações

Delegação brasileira para o WCIT-12 avaliou positivamente sua atuação e o documento final, do qual é signatária A polêmica envolvendo a regulamentação e governança da internet acabou por minar um acordo no  Conferência Mundial de Telecomunicações Internacionais (CMTI-12).  O novo tratado das Nações Unidas sobre os novos Regulamentos de Telecomunicações Internacionais (ITRs) foi assinado nesta sexta-feira (14) por 89 Estados-membro da  União Internacional das Telecomunicações (UIT),  incluindo o Brasil. Isso significa que dos 152 presentes, 55 ficaram de fora e justamente os com mais peso econômico no que diz respeito à internet e telecomunicações: União Europeia, Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Índia e a Austrália. Os Estados Unidos já haviam declarado publicamente que não assinariam um tratado que tentasse estabelecer a regulamentação internacional da internet e o fizeram. Há bastante ruído sobre o quanto o novo tratado realmente avança neste sentido. Um dos pontos considera

Um total 89 países assinam polêmico tratado sobre telecomunicações

DUBAI, 14 dez 2012 (AFP) - O novo tratado das Nações Unidas sobre o regulamento das telecomunicações foi assinado nesta sexta-feira por 89 Estados-membros da União Internacional das Telecomunicações (UIT), em um contexto de objeção em relação à internet por parte de vários países, entre os quais Estados Unidos. "Agradeço aos 89 Estados que assinaram o tratado", declarou Mohamed Al-Ghanim, presidente da Conferência Mundial sobre as Telecomunicações Internacionais (UIT), que terminou seus trabalhos nesta sexta-feira, em Dubai. No total, 55 países não assinaram o documento, acrescentou. Os Estados Unidos anunciaram na quinta-feira que não assinariam o acordo de telecomunicações global porque o texto abriria as portas a uma regulamentação maior da rede por parte dos governos, explicou o chefe da delegação americana. "Os Estados Unidos anunciaram hoje que não podem assinar (a regulamentação do tratado) em sua forma atual", afirmou Terry Kramer, chefe da delegação america

A internet ameaçada

A liberdade na internet está em risco. Na Conferência Mundial de Telecomunicações, que acontece até sexta-feira... A liberdade na internet está em risco. Na Conferência Mundial de Telecomunicações, que acontece até sexta-feira em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, são discutidas propostas para ampliar os poderes dos governos sobre a rede mundial. A própria União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência da Organização das Nações Unidas que promove o encontro, quer tomar para si a responsabilidade sobre a internet. O objetivo da reunião, com representantes de 193 países, é atualizar a Regulamentação Internacional de Telecomunicações, de 1988. Na semana passada, o blog Boing Boing divulgou um documento da UIT com recomendações sobre "deep packet inspection", inspeção profunda de pacotes, uma tecnologia que permite a provedores de acesso e operadoras de telecomunicações monitorar o conteúdo das mensagens que trafegam pela internet. A Rússia e alguns países do Orient

Bernardo discute posição brasileira em Conferência Mundial de Telecomunicações

Imagem
Dubai, 04/12/2012 - Neutralidade de rede, roaming internacional, spam, pontos de troca de tráfego, rotas internacionais de telecomunicações e segurança de rede foram os pontos discutidos pela delegação brasileira, chefiada pelo Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, na Conferência Mundial de Telecomunicações (WCIT) que acontece até o dia 14 de dezembro em Dubai. Além dos trabalhos em grupo e a plenária no período da tarde, a delegação brasileira reuniu-se com as delegações chinesa, australiana, mexicana, e com a delegação americana. O roaming internacional, segundo Bernardo, é um ponto importante e o Brasil defende que o tratado resultante da Conferência inclua diretrizes relacionadas a transparência de preços e condições de uso dos serviços. Com respeito ao SPAM, o Brasil relatou sua iniciativa recente que envolve a Anatel, o Comitê Gestor da Internet (CGI) e o Sinditelebrasil, que resultou na apresentação de uma contribuição brasileira para a Conferência, propondo que o

Brasil faz propostas na Conferência Mundial de Telecomunicações

05/12/2012 - C&T A delegação brasileira na Conferência Mundial de Telecomunicações Internacionais, que acontece nos Emirados Árabes, apresentou propostas ontem, segundo dia do encontro, que vai até o dia 14. O comitê brasileiro aceitou três sugestões de Walter Pinheiro (PT-BA), que integra a Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) e faz parte da delegação. As propostas do senador alteram os regulamentos internacionais de telecomunicações e tratam do uso das telecomunicações para a cidadania, como serviços de socorro e de emergência, que são fundamentais na prevenção de tragédias. Outro destaque é o estabelecimento de cooperações para trazer mais acesso a educação, saúde e outros serviços de inclusão, como serviço de pagamentos bancários por celular. — O documento final vai definir os princípios gerais para a prestação de serviços e exploração das telecomunicações internacionais. As novas regras vão estabelecer as bases para a inovação e o crescimento. Um dos maiores desafios

Cúpula apoia Marco Civil da Internet e defende “Ley dos Medios” para o Mercosul

Imagem
Guilherme Strozi - EBC Cúpula Social do Mercosul apoia a Ley dos Medios para todos os países do Mercosul (Eduardo Raigner)            A Ley dos Medios, uma lei que altera a legislação dos meios de comunicação, aprovada na Argentina, recebeu apoio nesta quarta-feira (5) da sociedade civil presente na Cúpula Social do Mercosul, em Brasília. O apoio foi dado pela oficina de Democratização da Comunicação e Cultura Digital, com o objetivo de estimular o debate da regularização dos meios de comunicação nos países do bloco. Segundo os manifestantes, a lei representa um avanço na reforma das leis sobre comunicação no país por buscar a quebra do monopólio de grandes grupos empresarias no setor. Para o embaixador argentino no Brasil, Oscar Laborge, a lei surge em um momento onde a Argentina enfrentava um monopólio muito grande na área das comunicações. Ele lembra que dia 07 de dezembro de 2012, as empresas tem o último dia para apresentar uma proposta de reorganização de se

Ganhe uma hora de curso aqui!

Ganhe uma hora de curso aqui!
Assista ao vídeo e saiba mais!

Matricule-se agora!

Matricule-se agora!
Tutoria particular, 90 reais por mês!

InfoMoney

Folha de S.Paulo - Ilustrada - Principal